sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

BTTopos juntamente com alguns amigos que os acompanharam na participação do V Passeio BTT Trilhos da Raia - Idanha-a-Nova - 18-10-2009

Depois de em 2008 a BTTOPO ter participado na Maratona de Idanha, logo ficou a promessa de voltar, agora com o grupo no seu máximo, com 11 elementos, mais 2 amigos que foram connosco e outros conhecidos que lá se juntaram, batendo todos os recordes jamais alcançados.
Com objectivos bem definidos, logística bem recheada, marcação do restaurante efectuada, não vá a seita mudar de ideias (pensou o Boss Tequila), partimos à hora certa pois a espera pelo Miguel Preto é coisa já comprovadamente esperada. Sentimos a desistência do Filipe Capitão e compreendemos os seus motivos.
E lá chegámos ao nosso destino, apressando-nos a levantar os dorsais no Hall de entrada da Câmara Municipal de Ourém, perdão, de Idanha -a-Nova.
Na verdade acabámos por descobrir a aposta clara, inequívoca, o total empenhamento de toda a estrutura Camarária no Evento “Maratona de Idanha-a-Nova”, que se traduz no enorme sucesso que a mesma vem alcançando.
Após a recepção dos dorsais e a respectiva sessão de strip, seguiu-se a sessão de aperitivo, preparação de repasto que se advinhava. Um “Ensopado de Borrego” de se tirar o chapéu, agora percebendo a insistência do nosso chefe de fila.
Bem regado claro, lá evoluímos para a sessão de degistivo, decorrendo como esperado, com a participação simpática da “GNR” , que nos aconselhou evitar conduzir e que já havíamos definido acatar. Guitarra, djambé, mistura explosiva para todos os que queriam dormir, alguma azia no ar e lá fomos atacados pelo João Pestana.
7h30 e lá fomos despertando, cheios de vontade de pedalar, pelo menos, alguns. Atrasados como sempre, partimos para a aventura há tanto tempo esperada. Paisagem deslumbrante, embora muito seca, este ano, mas com as nuvens a proteger as nossas tolas, fomos malhando quilómetros e o grupo com andamentos diferentes a separar-se. Entre conversas disto e daquilo, lá chegámos ao destino, com o rabo a queixar-se de muitos meses afastado do selim, UIII, UUUIIIII.
Um banho rápido, pois o nosso primeiro grupo já havia chegado quase à 2h00, a fome já não se aguentava e recepção da organização, sempre espectacular, não se fazia esperar com o repasto em quantidade e qualidade.
A acompanhar o movimento mecânico alimentar marcava o ritmo uma banda de música popular com uns laivos alternativos.
Grupo reunido, carga pronta e metida nos contentores, …destino Olival.
Espectacular…apetece voltar a IDANHA!
by Pedro Oliveira

Sem comentários: